História

O Clube de Campismo do Concelho de Almada foi fundado a 22 de Setembro de 1948, em reunião realizada na sede dos Bombeiros Voluntários de Cacilhas. Na origem do CCCA, está o Grupo de Campista de Almada fundado a 24 de Agosto de 1946, que por sua iniciativa em 1 de Agosto de 1947, se desmembrou em três núcleos: O Núcleo de Campista de Almada, O Núcleo de Campista de Cacilhas e O Núcleo de Campista da Cova da Piedade. A fusão destes núcleos com o Núcleo de Juventude Campista de Cacilhas são a origem do Clube de Campismo do Concelho de Almada. O Clube de Campismo do Concelho de Almada, teve a sua sede  provisória na Rua Afonso Galo, nº18, em Almada, com a quota mensal de 5$00 para os sócios activos (que contribuíam para a Federação) e 3$50 para os auxiliares.

São eleitos para a Comissão Organizadora e dos Estatutos:

 

Presidente    Alexandre Castanheira

 Secretário    Mário Henriques

 Tesoureiro    Augusto Alves

José Afonso

 

Dados Históricos

>>> Clique aqui para ver o album animado com fotografias históricas do CCCA

  • A 13 de Setembro de 1940 – Foi feito o 1º.Congresso Português de Campismo Desportivo em Belas, ainda o Clube não existia mas os campistas Almadenses estiveram presentes.
  • A 5 de Outubro de 1946 – Foi lançada a actual Marcha dos Campistas de Almada, com letra de Alexandre Castanheira e música  de Lilly Marlene.
  • A 3 de Outubro de 1948 – Na abertura solene do IV Acampamento de Almada, foi hasteada pela 1º.vez a Bandeira com as iniciais do CCCA.
  • A 1 de Maio de 1949 – Inaugurada a actual Sede do Clube.
  • A 10 de Março de 1950 –  Realizou-se na Biblioteca da Incrível Almadense a Assembleia Geral do Clube com eleição da nova Comissão Administrativa, composta por: Armindo Rosales, Armindo Batista, Alexandre Castanheira, Augusto Alves, Fernando Barão, José A.Almeida, José Braizinha, Manuel Ourique, Jorge Coelho da Silva, Mário Amândio Rodrigues, Ramiro Ferrão e Alexandrino Pinheiro. Esta comissão tinha como objectivo apresentar os Estatutos do Clube para aprovação do Governador Civil de Setúbal.
  • A 1 de Maio de 1950 – É posto à venda o primeiro Galhardete do Clube que foi desenhado pelo sócio fundador José Braizinha.
  • A 2 de Maio de 1950 – Realização da primeira reunião da Direcção do CCCA, ainda Comissão Organizadora que distribuiu os cargos:

Presidente     José Braizinha da Costa

1º Secretário    Fernando Barão

2º Secretário    Alexandre Castanheira

Tesoureiro    Manuel Ourique

1º Vogal    José Alves

2º Vogal    Armindo Rosales

  • A 1 de Maio de 1951 – É distribuído o primeiro Emblema do Clube, também desenhado pelo José Braizinha ao preço de 7$50.
  • Em 1951 – Foram aprovados os primeiros Estatutos, por despacho do Secretário de Estado de Educação Física Nacional e publicados em Diário do Governo em 9 de Maio do mesmo ano.
  • Em 17 de Maio de 1953 – Foi decidido fazer a Bandeira do Clube tal qual ela hoje é, da autoria de José Braizinha.
  • Em Abril de 1963 – Publicação do primeiro Boletim Informativo do Clube.
  • Em 1964 – Foi constituído o Grupo Coral sob a Direcção de Américo Barata.
  • A 21 de Maio de 1966 – É cantado pela 1ª vez o Hino do Clube, letra e musica da autoria de Américo Barata.
  • A 25 de Março de 1967 – Foram feitos os primeiros Jogos Florais Campistas do Clube, patrocinados pela Federação e realizados na Sede do Clube.
  • Em 5 de Novembro de 1967 – Foi feita a Inauguração da Casa Abrigo do Casal do Sapo (Marco do Grilo), com água potável, campo de jogos e parque infantil, terreno e casa cedidas por Xavier de Lima. Participou ainda o então presidente da Federação de Campismo e sócio do CCCA, Justino Valente.
  • A 1 de Outubro de 1969 – Assinatura da primeira parcela do Terreno do Parque de Campismo da Praia da Saúde, com a Direcção Geral das Florestas tendo o Parque feito a sua abertura aos campistas a 3 de Julho de 1970.
  • Em 22 de Setembro de 1973 – Para o 25º Aniversário do Clube, é cunhada a primeira medalha comemorativa, tendo na frente o emblema do Clube sobrepondo-se a reprodução do mural executado no Balneário do Parque da Praia da Saúde, por Zagalo e Bronze e no reverso, a fachada da Câmara Municipal de Almada, o Brazão da cidade e separada por uma faixa vertical que diz “1973 Ano da Elevação a Cidade”. Uma imagem de S.João Batista, da autoria Vasco da Costa.
  • A 24 de Setembro de 1973 – No 25º Aniversário do Clube, foram atribuídos os primeiros Emblemas de Prata aos Sócios Fundadores no activo: Jorge Coelho da Silva, José Braizinha da Costa, Fernando Miranda Barão, Manuel Ourique, Mário Amândio Rodrigues, Ramiro Gonçalves Ferrão e Alexandrino Matos Pinheiro.
  • A 29 de Julho de 1973 – Na comemoração do 25º Aniversário, foi dado um concerto pela Banda da Armada regida pelo Capitão da Fragata Marcos Romão.
  • A 28 de Novembro de 1973 – Foram aprovados por despacho do Director Geral da Educação Física e Desporto, os novos Estatutos do Clube que tinham sido revistos em Fevereiro do mesmo ano em Assembleia Geral.
  • Em Fevereiro de 1974 – Os serviços administrativos do Clube, mudaram-se da Sede para a Delegação na Rua Capitão Leitão,75 2º.
  • A 31 de Julho de 1974 – Foi realizada a primeira apresentação do Grupo de Teatro do Clube, com a revista em 2 actos “Retalhos da Vida”.
  • A 3 de Julho de 1976 – Foi inaugurado o Salão de Convívio no Parque de Campismo da Praia da Saúde.
  • A 6 de Março de 1977 – Por deliberação de Assembleia Geral foi agraciado com Emblema de Mérito de Prata o Dr. Henrique Lima Barbeitos Pinto, pela sua dedicação ao colectivismo.
  • A 22 de Setembro de 1978 – Na comemoração do trigésimo aniversário do clube, o Sr. João António Cutileiro presenteou-nos com a 2ª medalha comemorativa.
  • A 29 de Setembro de 1978 – Realizou-se a colheita de sangue no CCCA, através do Instituto Nacional de Sangue, continuando desde então até hoje por colheitas anuais.
  • A 3 de Dezembro de 1979 – O Clube obteve a classificação de Instituição de utilidade pública, por despacho da então 1ª Ministra Maria de Lurdes Pintasilgo.
  • A 27 de Fevereiro de 1981 – Realizou-se a escritura pública do terreno em Monte Loureiro.
  • A  4, 5 e 6 de Novembro de 1981 – Em Assembleia Geral foram ratificados e aprovados os Estatutos.
  • A 22 de Dezembro de 1981 – É feita Escritura Notarial do Clube, pela primeira vez no 17º Cartório Notarial de Lisboa.
  • A 4 de Dezembro de 1982 – São publicados os estatutos em Diário da República.
  • De 17 a 25 de Setembro de 1983 – Realizou-se no Salão de Convívio do Parque da Praia da Saúde, a 1ª Mostra de Filatelia e Coleccionismo, tendo tido 17 participantes. Foram coordenadores o sócio Luís Fernando dos Santos e Joaquim Almeida.
  • A 22 de Setembro de 1983 – Por autoria de Louro Artur, foi feita a 3ª medalha comemorativa dos 35 anos de vida do Clube.
  • A 29 de Setembro de 1983 – Inauguração da Recepção do Parque da Praia da Saúde que ainda hoje se encontra em funcionamento.
  • Em 1984 – É realizada a primeira Estafeta (Almada – Costa da Caparica). Prova anual conhecida hoje como: Grande Prémio (Almada – Costa de Caparica).
  • De 21 a 23 de Março de 1984 – O Clube realizou o 1º Encontro de Dirigentes, que foi composto por 40 dirigentes e 5 convidados.
  • A 5 de Julho de 1986 – Por iniciativa do sócio Mário Andrade Garcia foi realizada pela primeira vez a Campigina Nacional.
  • De 17 a 25 de Setembro de 1986 – Por iniciativa do sócio José A. Rodrigues, realizou-se o 1º.Torneio de Voleibol de Praia, evento que durou alguns anos.
  • De 8 a 10 de Abril de 1988 – Realizou-se o 1º.Acampamento da Juventude, na Mata do Zimbral, o que vem acontecendo todos os anos até hoje.
  • A 22 de Setembro de 1988 – Na comemoração do 40º aniversário, foi feita a 4ª Medalha.
  • A 1 de Janeiro de 1991 – Foi aprovado em Assembleia Geral, o Regulamento Interno do Clube.
  • Também em 1991 – Por decisão da Câmara Municipal de Almada foi atribuído o nome do Clube a uma das ruas da Cidade. A rua situa-se entre a Rua de Moçambique e a Avenida D. Leonor.
  • A 22 de Maio de 1991 – Foi realizado o contrato de promessa compra e venda da Sede do Clube, tendo sido feita escritura pública em 18 de Janeiro de 1992.
  • Em Abril de 1992 – Realiza-se o 1º Correpraia no areal. Prova que se realiza todos os anos de Ida e volta entre a Costa de Caparica  e a Fonte da Telha.
  • A 22 de Setembro de 1993 – Foi feita a 5ª medalha comemorativa dos 45 anos.
  • A 17 de Dezembro de 1994 – Aconteceu o maior incêndio de todos os tempos no nosso Parque de Campismo que destruiu 38 Unidades de Alojamento, entre caravanas, atrelados e tendas. Apagaram o fogo os Bombeiros de Cacilhas, Almada, Trafaria e Seixal, num total de cerca de 70 homens no terreno.
  • A 9 de Julho de 1995 – Foi implantado no Parque um memorial que recorda a inauguração do mesmo.
  • A 22 de Setembro de 1998 – Foi feita a 6ª medalha comemorativa dos 50 anos e receberam o emblema  de ouro (50 anos de associado): Fernando Barão, Alexandre Castanheira, José Braizinha da Costa, Mário Amândio Rodrigues.
  • A 3 de Novembro de 1998 – O Clube fez com a Câmara Municipal de Sesimbra, um contrato de concessão de exploração do Parque de Campismo Municipal da Maçã, que se encontra em funcionamento todo ano.
  • No dia 3 de Julho de 1999 –  No cinema da Academia Almadense, o Clube foi galardoado com a medalha da Cidade de Almada, entregue pela Sra. Presidente da Câmara Maria Emília Sousa Neto.
  • A 31 de Agosto de 2004 – Finalmente, foi emitida pela Câmara Municipal de Almada, a licença de utilização turística do Parque da Praia da Saúde.

Reportam-se à última década, designadamente no período de 2005 a 2014, as grandes transformações nas instalações do Clube, em especial nos Parques de Campismo e em Monte Loureiro. O Monte Loureiro acabara de ser construído em 2003/2004, os recursos financeiros foram direccionados para aquela infra-estrutura cuja construção tinha sido projectada no mandato de 1999 a 2001. Igualmente, em 2003/2004, havia sido projectada a nova implementa­ção de Unidades de Alojamento no Parque da Maçã, triplicando a sua capacidade e melhorando a sua ren­tabilidade. Em 2005, iniciaram mandato novos Órgãos Sociais e des­de logo projectou-se um leque de alterações e transfor­mações até então desconhecidas no Parque da Saúde e Maçã mas que se revelaram inovadoras, iniciando-se aqui um ciclo de recuperação e beneficiação das insta­lações, bem como a introdução de novos equipamen­tos. Em 22 de Novembro de 2008 foi constituída a comissão de revisão de estatutos, tendo em vista a modernização dos regulamentos do Clube, a sua atualização às leis atuais e a concretização de uma promessa eleitoral dos então órgãos sociais. A referida comissão constituída pelos sócios abaixo indicados:

  • Zeferino António Serrano Figueira
  • António Joaquim Baptista
  • Fernando Rodrigues Fava de Oliveira
  • Luís Filipe Araújo Ramos que coordenou.

A recuperação e transformação das instalações, equi­pamentos e serviços devem-se a um conjunto de Sócios que desde 2005 até aos dias de hoje, dirigiram o Clube sempre com a clara intenção de o dignificar e engran­decer. Mantendo esse objectivo, relembramos aqui o trabalho desenvolvido:

  • Projecto gigantesco de cobertura de todo o Parque da Saúde com rede wireless, para acesso à internet, en­tretanto já restruturado em 2014. O mesmo ocorreu no Parque da Maçã, já em 2011;
  • Instalação de máquinas de lavar roupa em todos os Blocos Sanitários dos Parques;
  • Climatização do Salão de Convívio e Sala de Jogos com equipamentos de ar condicionado;
  • Beneficiaram-se os WC do Salão de Convívio;
  • Pavimentação da Sala de Jogos e Biblioteca;
  • As instalações comerciais do Concessionário da Zona 1 sofreram beneficiações através da construção do bar da esplanada, minimercado e cafetaria;
  • As instalações comerciais do Concessionário da Zona 2 sofreram profundas alterações com a construção de uma cafetaria com condições de utilização durante todo o ano. Pela primeira vez no Parque da Saúde criaram-se duas Zonas Comerciais distintas com funcionamento em simultâneo;
  • As velhinhas portas de madeira dos WC e duches dos Blocos Sanitários foram substituídas por portas de alumí­nio;
  • Nos espaços acampáveis do tabuleiro, foram criadas Unidades de Alojamento em regime fixo e Zona Verde;
  • Nos arruamentos dos Parques, foram criados novos acessos de escoamento do trânsito bem como o arranjo das ruas que eram intransitáveis no Inverno;
  • A iluminação pública e instalações eléctricas dos Par­ques, foram beneficiadas através do aumento do núme­ro de candeeiros e pimenteiros;
  • Ampliou-se de 8 para 20 o número de cabines com água quente do Bloco Sanitário n.º 3, bem como nos blo­cos nºs 1, 2, 4 e 5, aumentou-se de 8 para 12, o número de cabines com água quente;
  • Construção do Bloco Sanitário nº6;
  • Construção de Quatro WC’s para deficientes motores nos Blocos 1, 2, 3 e 4;
  • Construção de quatro locais de lavagem de loiça e dois de duches rápidos, de 2005 a 2011;
  • Construção do Portão Central da Praia e respectiva rampa de acesso, para economia de recursos humanos, bem como melhor concentração dos utentes na praia, tendo em vista a melhor assistência prestada pelos na­dadores salvadores;
  • Oito instalações de captação de água, para lava­gens e regas;
  • Recriadas, em 2010, as zonas dos urinóis dos Blocos Sanitários;
  • Foi possível avançar com o tão desejado pagamen­to por transferência bancária, (débito directo), que veio evitar deslocações propositadas dos sócios ao Parque para efectuarem o pagamento da sua mensalidade;
  • Implementação do novo Cartão de Sócio, com uma visão moderna e actual do Clube e substituição dos car­tões de utentes com fotografias digitalizadas e actuais;
  • Deslocalização dos Serviços da Contabilidade e Te­souraria para o Parque da Saúde, com a ampliação do edifício dos Serviços Administrativos;
  • Parques infantis reabilitados em 2011 e certificados novos equipamentos em 2014.

Ainda assim, foi possível adquirir outros equipamentos e maquinaria adequada ao desenvolvimento de toda a actividade do Clube, relembrando entre outros:

  • Viatura de passageiros de 9 lugares;
  • Viatura de carga de 3500kg;
  • Atrelado para transporte de bicicletas para apoio à actividade do Núcleo de BTT do Clube;
  • Três tractores e uma plataforma elevatória, de apoio aos trabalhos realizados nos Parques e em Monte Loureiro;
  • Dois servidores de maior capacidade, para suporte à rede informática de todo o Clube;
  • Dois servidores, para garantir melhor performance aos utilizadores da rede wireless;
  • Quatro LCD´s, para o Salão de Festas e Espaço do Sócio;
  • Mobiliário (Cadeiras e Mesas para o Salão de Festas e Sala de Jogos).
  • Aquisição de novo ecrãn gigante para o Salão de Festas;
  • Aquisição de LCD para a Nova Sala de Convívio do Parque da Maçã;

A situação financeira do Clube foi reequilibrada, conseguindo-se superar as expectativas já no ano de 2007, e quase duplicando as poupanças no final do ano de 2010. Nesta altura foi criado o FREPACA – Fundo de Reserva para Aquisição dum Terreno para Parque de Campismo do CCCA.

A prossecução deste objectivo assegurou uma linha de continuidade com reforço das poupanças nos anos seguintes, sendo que, no final de 2014 duplicaram o valor das poupanças.

Enquanto isso e na prossecução dos objectivo anteriormente delineados no mandato de 2011/2013, e já no ano corrente, conseguiram-se alterações importantes de grande projeção e beneficiação das instalações do Clube, regularizadas na devida altura e que ilustramos, em imagens devidamente legendadas.

                     A Comissão de Revisão de Estatutos e Regulamentos concretizou os seus trabalhos no ano de 2013 tendo os referidos documentos sido submetidos à apreciação do Conselho Geral, os quais mereceram a aprovação em Assembleia Geral realizada em 11 de Outubro e concluída em 1 de Novembro de 2014. Da decisão da Assembleia Geral consta a aprovação do Regulamento Geral de Parques que entrará em vigor um mês após a aprovação. Relativamente aos Estatutos e  Regulamento Interno foram igualmente aprovados e entram em vigor em 1 de Janeiro de 2017. Produzindo Trabalho, Inovando, Criando e Modernizan­do foram “sonhos” tornados realidade, sempre com o CCCA no Coração.